segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

EM MIM

O suave deslizar
da tua pele na minha
apagou a minha consciencia,
derrubou as minhas defesas!

Das tuas palavras,
O leve sussurar
Arrepiou-me a pele,
Desprendeu-me as amarras…

O fogo do teu desejo
Inundou-me de prazer
Antecipado, neste corpo
Que um dia já terás amado

1 comentário:

poeta_poente disse...

"Ao som do teu olhar,
deslizo no corpo que quero meu."