domingo, 11 de janeiro de 2009

É QUANDO...

É quando acordas muito cedo, sem sono
É quando te custa a respirar fundo
É quando sentes o coração bater na garganta
É quando as pernas te tremem
É quando sentes um friozinho na barriga
É quando não sabes o que está a acontecer, enquanto acontece
É quando te vêm as lágrimas aos olhos quando te lês nas palavras do outro
É quando sorris por tudo e por nada
É quando não dizes coisa com coisa
É quando todos os dias são dias bonitos
É quando foges do que sempre quiseste para ti
É quando as musicas alegres te tornam eufórica
É quando te esqueces de comer e dás por ti com um nó no estômago
É quando sentes, mas tens medo do que sentes
É quando ficas sem palavras para dar
É quando sentes a palma da mão quente, a acolher a tua
...É quando tudo isto te faz acreditar…

4 comentários:

Lita disse...

A música mudou.... :)

XR disse...

É nessa altura que sabemos que nos estamos a enganar mais do que tudo ?
;)

poeta_poente disse...

É aí que tudo parece fazer sentido....

Beijo... em duplicado

Sayuri disse...

Lita, a música é cada vez mais bonita :)

XR, parece que sim... :)

Poeta, é aí que tudo parece fazer sentido...Recebido...em duplicado :)